quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

lipstick revolution

(Foto: Reuters)
Há uma revolução em curso no Irão, liderada pelas mulheres mais jovens. Basta andar nas ruas de Teerão para perceber. Lentamente, elas foram trocando os conservadores hijabs por lenços coloridos, passaram a usar mais maquilhagem, a vestir roupas mais fashion. Sem medos. Ainda é longo o caminho para que conquistem mais direitos no Irão dos mullahs, onde o uso de baton vermelho ainda é considerado uma ofensa ao sangue dos mártires.
Mas, passo a passo, estas mulheres vão fazendo a diferença, 30 anos depois da revolução islâmica. Como diz Katayoon Shahabi, uma realizadora de cinema iraniana entrevistada esta semana pelo Independent na reportagem Lipstick Revolution, «as coisas estão em movimento, como a água de um rio. E os rios, como se sabe, são imparáveis».

3 comentários:

Joaquim Lucas disse...

Agora reparo que tens alguma afinidade com o Tramagal! Bom, eu sou originário lá daqueles lados. Da zona de Abrantes, quero dizer. Muito gosto e cumprimentos.

Patrícia Fonseca disse...

É verdade, cresci lá! E sempre que posso, é para lá que fujo... :)

Carlos Santos disse...

Cara Patrícia,

Deixei-lhe um agradecimento no blogue. Se estiver por perto e tiver tempo, passe lá no Sábado.

Em qualquer caso, deixo-lhe o contacto que uso csantos@porto.ucp.pt para algum feedback que me queira dar, que será sempre valioso. Ou para outro fim que lhe seja útil.

Carlos