domingo, 4 de outubro de 2009

Polanski files

Foto: Samantha Geimer, no final dos anos 70. Em 1977, quando tinha 13 anos, foi drogada e violada pelo realizador Roman Polanski, que se declarou culpado em tribunal, fugindo depois... para nunca mais voltar aos EUA

Marcia Clarck, a procuradora que acusou O.J. Simpson publica, no Daily Beast, uma análise do caso Polanski. Recuperou o processo de 1977 e publica várias transcrições que não deixam o realizador nada bem no retrato... A descobrir, em The Lost Polanski Transcripts, e a aprofundar no especial sobre os 32 anos em que o realizador andou fugido à Justiça, até que foi preso, esta semana, na Suíça.

3 comentários:

Carlos Eduardo Leal disse...

Patricia,
Embora não seja jornalista, também adoro revistas e tive oportunidade aqui na FLIP no Brasil de conhecer a "Egoísta" e "LER" duas excelentes publicações aí de Portugal.
Parabéns pelas reportagens e pela sua vontade de "partir". Milton Nascimento diz em uma de suas músicas que "a hora do encontro é também despedida", assim, creio que estamos sempre partindo,
Abraços do lado de cá do Atlântico,
Carlos Eduardo
MEU BLOG:
veredaspulsionais.blogspot.com

Patrícia Fonseca disse...

Obrigada pela visita, Carlos. Volte sempre, boas leituras!

piurso disse...

Resta saber por quanto tempo. Não sou a favor da pena de morte, nem de longe. Mas há casos, como este caso, que uma tortura só para assegurar que o comportamento não era repetido, não fazia mal algum.