quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Por um dia, a liberdade

Como alguém um dia tão bem descreveu, Gaza é a maior prisão do mundo. Mas ontem, por umas horas, milhares de palestinianos escaparam ao cerco imposto por Israel. Parece mentira, mas, segundo conta o Times, este acontecimento extraordinário foi possível porque militantes do Hamas, depois de meses a tentarem criar uma «brecha» no muro que separa a fronteira com o Egipto, usando um maçarico (!), decidiram tomar medidas drásticas e... fizeram-no explodir. Foi tudo documentado pela Al Jazeera e a reportagem, que podem ver aqui, vale mesmo mais que mil palavras.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Patrícia:
Este deve ser o blog mais novinho da blogosfera! Estou a gostar e vou ficar à espera do que se segue. Por agora, se não te importas, vou divulgá-lo nas minhas cronicasdorochedo.
Pode ser?
Bjs

Patrícia Fonseca disse...

Claro que sim... Será uma honra. Volta sempre!