sexta-feira, 7 de março de 2008

Meu caro Watson

Paul Watson não morreu esta manhã porque teve o bom senso de vestir um colete à prova de bala. Como se pode ver neste vídeo, os baleeiros japoneses não reagem bem às perseguições da organização ambientalista Sea Shepherd...
Um dos activistas mais importantes da história da ecologia, Watson fundou a Greenpeace e, mais tarde, a Sea Shepherd, que luta exclusivamente pela conservação da vida marinha. É, desde há mais de 30 anos, uma espécie de «pirata ambientalista», abordando navios de pesca ilegal, sobretudo das frotas japonesas que caçam baleias. Arrisca a vida em muitas das suas acções, como comprovam os confrontos de hoje com os guardas costeiros japoneses. (A New Yorker publicou recentemente uma reportagem a bordo do navio de Watson, imperdível para quem se interessa por estes assuntos.)
Este terá sido «apenas»mais um susto na vida deste activista, que não desistirá de lutar contra a caça à baleia. Como o próprio escreveu no Guardian, há pouco mais de um mês, «we will not rest, nor will we ever surrender to the arrogance of the whalers. Only our own death will deter our annual trek across these stormy south polar seas in our quest to restore peace between cetacean and hominid in these savage waters.»
P.S. A Comissão Baleeira Internacional está reunida, desde ontem, em Londres, para tentar ultrapassar o impasse que divide os países que estão contra ou a favor do regresso da caça comercial à baleia, alvo de uma moratória desde 1986. O Japão lidera o grupo de países que defende a caça, alegando também razões científicas...

1 comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Isto é"apenas" a imagem real do que o Luís Sepúlveda screveu nas "Histórias do Fim do Mundo". Não há volta a dar-lhe,porque os interesses económicos e os grupos de "varejeiras" que se movem em seu redor são demasiado poderosos( como se vê, aliás, nos tesus links)
Parabéns pelo "furo". Sim, porque nesta monotonia politiqueira da blogocoisa,este post é mesmo isso.

PS:Deixei algo para ti no meu blog
Bjkas